CACI - Combate a Incêndio Avançado

O Treinamento em CACI da Seal irá qualificar o aluno, não acquaviário, para as tarefas de prevenção e combate avançado de incêndio a bordo, de acordo com o item 5.4 da Resolução A-891(21) de 25/11/1999, da Organização Marítima Internacional, Regra VI/3 da Convenção Internacional STCW- 1978, como emendada e Tabela A-VI/3 do Código STCW-1978 e suas emendas.

A Seal irá orientar a todos os alunos a teoria sobre a organização e treinamento de equipes de combate, inspeção em sistemas e equipamentos de detecção e extinção de incêndios, noções de controle de avarias.

Carga Horária 40h Periodicidade A combinar - Mínimo de 10 alunos por turma
Pré-requisitos

Ensino Fundamental

Certificado do Curso Básico de Segurança (sigla em inglês BST) ou do Curso Básico de Combate a Incêndio realizado nos últimos 05 (cinco) anos.

Nadar livremente 15 (quinze) metros com ou sem o auxílio de coletes salva-vidas e correr no mínimo 1200 (hum mil e duzentos) metros em 12 (doze) minutos.

Público Alvo Pessoas que irão exercer funções nas turmas de ataque das Brigadas de Combate a Incêndio, em instalações industriais, comerciais ou residenciais.

Objetivo Proporcionar aos alunos conhecimentos básicos para atuar na prevenção e no combate ao princípio de incêndio.

Conteúdo Programático

Controle de Operação a bordo
  • Definir os princípios de segurança.
  • Citar as áreas de perigo de incêndio.
  • Relacionar as precauções contra incêndio.
  • Identificar os processos e cuidados em destilação seca, reações químicas, incêndio em coletores de gases e caldeiras aquatubulares.
  • Citar os procedimentos de controle de incêndio.
  • Descrever as táticas e procedimentos de controle de incêndio.
  • Descrever os agentes extintores aplicados a bordo.
  • Descrever o emprego da água como agente extintor a bordo, seu efeito na estabilidade, as precauções e os procedimentos corretivos.
  • Relatar o uso da comunicação e coordenação durante as operações de combate a incêndio.
  • Descrever os procedimentos de controle de ventilação, incluindo o extrator de fumaça, de combustível e dos sistemas elétricos.
  • Citar as precauções contra o fogo e os perigos associados com a estivagem e o manuseio de certos materiais, como tintas, solventes, vernizes, etc.
  • Descrever os procedimentos de coordenação e controle na remoção de pessoas feridas.
  • Relatar os procedimentos coordenados com equipes de controle de avarias de navios de apoio (Suplay boot) e unidades próximas.
Organização e Treinamento de Equipes de Combate
  • Esboçar a preparação do Plano de Contingência contra incêndios.
  • Organizar a composição e alocação do pessoal e dos grupos de combate/Brigada de Incêndio.
  • Planejar o treinamento da tripulação em combate a incêndio.
  • Traçar os planos de controle de incêndio.
  • Mostrar a organização para a evacuação e o abandono da unidade.
  • Descrever as estratégias e táticas de controle de incêndios em várias partes da unidade.
Inspeção em Sistemas e Equipamentos de Detecção Incêndios
  • Identificar os alarmes de incêndio.
  • Citar os equipamentos de detecção de incêndio.
  • Descrever os equipamentos fixos de extinção de incêndio.
  • Citar os tipos de bombas, mangueiras, hidrantes e aplicadores.
  • Descrever os equipamentos móveis e portáteis de extinção de incêndio e suas aplicações, de proteção pessoal, de resgate, para salvamento e de comunicação.
  • Citar os sistemas automáticos de combate a incêndio.
  • Comentar experiência dos treinados em combate ao fogo.
  • Exemplificar relatórios de incêndios ocorridos.
  • Descrever os requisitos para qualificação dos vistoriadores de bordo, em prevenção de incêndio.
  • Descrever os processos sumários de investigação e confecção de relatório de incêndio a bordo.
Noções de Combate a Incêndio
  • Conceituar estabilidade: gravidade, empuxo e metacentro.
  • Descrever os principais componentes estruturais e compartimentos a bordo.
  • Prevenir avarias ao lidar com: tanques; gases; soldagem; eletricidade; detectores; alarmes; forno e cozinha.
  • Mostrar croquis de estanqueidade: porta estanque e compartimentação.
  • Descrever os aparelhos mais comuns de manobra de carga.
  • Descrever as fases de uma faina de “crash”.
  • Localizar os espaços reforçados da estrutura para carga e peação de material.
  • Listar a composição e atribuições da equipe de “crash” de aeronaves.
  • Identificar água aberta: tamponamento e escoramento.
  • Definir sistema de lastro: bombas, redes, tanques e válvulas.
  • Descrever os procedimentos para o escape de uma aeronave em caso de “crash” a bordo ou n’água.
  • Citar as características de uma embarcação: comprimento, boca, borda livre, obras vivas e mortas, pontal, calado, linha d’água, trim e banda.
Prática de Combate a Incêndio
  • Utilizar os equipamentos de proteção e combate a incêndio, inclusive roupa de aproximação e penetração.
  • Organizar equipes de brigada de incêndio.
  • Realizar, em grupos, combate a incêndio classes A, B, C e D, de forma segura e controlada.

Outros Treinamentos

CBSP (Curso Básico de Segurança de Plataformas)

Imagem com Grupo de alunos, com 7 integrantes, combatendo fogo controlado no curso de CBSP.

Treinamento homologado pela Marinha do Brasil em CBSP da Seal irá qualificar o aluno, não aquaviário, para as tarefas a bordo.

SOBREVIVÊNCIA NO MAR

Imagem de aluno, dentro de piscina, realizando treinamento de Sobrevivência no Mar.

O Treinamento de Sobrevivência no Mar da Seal tem como missão transmitir conhecimentos que capacitarão os participantes.

CACI (Combate a Incêndio Avançado)

Imagem de grupo de alunos, 7 integrantes, sendo supervisionados durante treinamento de Combate de Incêndio Avançado.

O Treinamento em CACI da Seal irá qualificar o aluno, não acquaviário, para as tarefas de prevenção e combate avançado de incêndio a bordo.

PRIMEIROS SOCORROS

Imagem com alunos realizando o treinamento de Primeiros Socorros.

Saber reagir em uma situação de emergência é um dos aspectos mais importantes que todas pessoas deveriam aprender.

Veja outros Cursos